Vinhos Espumantes

Matéria do mês de Dezembro da revista Vegetarianos

Espumante é espumante e é difícil fugir das borbulhas nas festividades. Eles são refrescantes e divertidos. Porém tem suas diferenças e particularidades.

Vamos conhecer as características e tipos da bebida para ir além do “tim tim”.

A principal característica de um espumante é a liberação de gás no momento de abertura da garrafa. A formação desse gás se dá pelo processo de fermentação.

Existem dois métodos mais comuns para produção de espumantes, o método tradicional e o charmat.

O método tradicional é um dos mais conhecidos métodos de produção de espumantes. Tem sua provável origem na região de Champagne.

Em primeiro lugar é feito um vinho base (vinho seco) que pode ser feito com uma ou mais uvas, as mais comuns, pinot noir, chardonnay.

Tendo esse vinho pronto, o liquido é colocado em uma garrafa própria para espumantes e uma mistura de açúcar e levedura é adicionada, então o vinho é devidamente tampado. Ai se inicia nossa segunda fermentação e a formação de gás carbônico (borbulhas). O contato do líquido com essa mistura de levedura é muito importante, o resultado desse contato geram vinhos com mais sabor e estrutura, o ideal são no mínimo 12 meses de contato, algumas regiões produtoras tem um tempo determinado por uma legislação. Champagne por exemplo, são determinados 15 meses no mínimo em contato com a levedura. Alguns dos espumantes mais conhecidos feitos por esse método depois de champagne são Cava(Espanha) e Franciacorta (Italia), elaborados com as uvas locais e com pequenas diferenças de regras.

Já no método Charmat a segunda fermentação ocorre dentro de tanques de inox (grandes autoclaves). Aqui pode ou não ser adicionada a mistura de açúcar com leveduras (fica à critério do produtor), como os tanques são de pressão a fermentação pode ocorrer espontaneamente. Esse é um dos métodos mais utilizados para produção de espumantes, principalmente no Novo Mundo. Um grande nome elaborado por esse processo e o Prosecco. Estilos mais frescos e com mais fruta no aroma.

Outro nome bastante conhecido é o italianíssimo Asti. Aqui não temos uma segunda fermentação e sim uma fermentação única que é interrompida quando o líquido atinge mais ou menos 7º de álcool. O gás carbônico forma-se naturalmente pelo açúcar natural do suco, então temos um espumante com menos borbulhas, pouco álcool e bastante doçura.

Outro queridinho italiano é o Lambrusco, que é um frisante e não um espumante. Lambrusco é o nome da uva, e sua região de origem é a Emilia Romagna. Aqui também é feita uma única fermentação, porém o processo é interrompido com menor grau álcoolico gerando leves bolhas e bastante doçura. Para fazer frisantes muitas vezes o gás é injetado (assim como nos refrigerantes).

Lembrando que só podemos chamar de champagne aquele que foi produzido na região de Champagne, assim como cava, asti e prosecco (que são nomes de regiões de origem). Na dúvida chame todos de espumante!

Vale ficar atento a outros nomezinhos presentes nos rótulos, os mais comuns, Brut Nature, Brut e Demi Sec. Eles se referem à doçura do vinho, sendo o brut nature com zero açúcar, brut com menos doçura  e demi sec com mais doçura.

São todos boas opções para acompanhar as festas de final de ano. Desde o brinde inicial, passando pela refeição e finalizando as festividades, aproveite.

“Tim tim”!

Dicas

Blanc de Blancs Brut Nature – Champagne – 100% Chardonnay – Orgânico

Caracteristicas: No nariz frutas maduras como pêras e um pouco de cítricos como casca de laranja. Em boca boa acidez, boa quantia de bolhas e leve tostado. Bom para acompanhar a refeição, principalmente se houver legumes levemente tostados.

Onde: Garrafa Livre – www.garrafalivre.com.br – (tel não informado)

R$ 375,00

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: