Vinho chocolate

Texto do mês de março da Revista Vegetarianos

Vinho e chocolate

Quem disse que vinho não harmoniza com chocolate? Harmoniza e muito bem!

Pode parecer estranho, mas vinho combina de forma extremamente saborosa com um bom chocolate vegano. O segredo está em perceber as estruturas dos chocolates e os estilos certos de vinhos para fazer a mágica acontecer. Duas paixões que unidas surpreendem quem busca uma boa harmonização.

Para que essa perfeita harmonização aconteça, você deve pensar primeiro no grau de açúcar que o chocolate escolhido vai apresentar. O chocolate é um alimento de sabor forte, doce, feito à base da semente fermentada e torrada do cacau. A partir desse processo temos as suas variações. Chocolates de sabor mais doce e suave são feitos com a massa de cacau, açúcar e algum leite vegetal. Já os de sabor menos doce e mais intenso, basicamente levam massa de cacau e um pouco de açúcar.

Da mesma forma, a estrutura do vinho deve ser pensada e sua doçura precisa ser relativamente equivalente ao chocolate escolhido para conseguir uma harmonização por igualdade. Por isso, os principais estilos de vinhos para fazer essa harmonização são os vinhos de sobremesa, que apresentam alto teor de açúcar, como o famoso Vinho do Porto, os vinhos de colheita tardia e os vinhos espumante moscatel ou demi sec.

Nos vinhos de “colheita tardia”, as uvas são deixadas na videira até que comecem a virar “uvas-passas”, com menos acidez e maior concentração de açúcar. Somente então são colhidas, prensadas e vão para o processo de fermentação. Esse vinhos apresentam aromas florais, abaunilhados, amanteigados e são licorosos, com alto teor de açúcar. Harmonizam bem com chocolates meio amargo/amargo simples ou com base de frutos secos e castanhas.

O Vinho do Porto tem suas uvas colhidas bem maduras, porém, não chegam a virar uva-passa no cacho. Quando o suco vai para o processo de fermentação e atinge em torno de 7 graus de álcool, acontece à interrupção da fermentação com água ardente vínica, para que o vinho se torne doce e alcoólico.

Entre os Vinhos do Porto existem dois estilos. O Porto Ruby apresenta aromas mais frutados e harmonizam melhor com os chocolates mais suaves e os meio amargos, trazendo aquela sensação de “bombom de cerejas” em boca. Já o Porto Tawny traz aromas tostados, de caramelos e amêndoas, que harmoniza bem com os chocolates meio amargo e amargos, trazendo a sensação de “toffe” na boca.

Os espumantes são mais difíceis de harmonizar, apesar de a doçura tem gás e bastante frescor. Os mais comuns utilizados para harmonizar com os chocolates são os espumantes Demi-sec e os feitos com a uva Moscatel.

Ambos os espumantes harmonizam bem com chocolate de sabor mais suave, trazendo leveza, e com chocolates brancos simples ou com base de frutas vermelhas, ressaltando a fruta e diminuindo a sensação do açúcar.

Se ainda não provou essa combinação mágica, não perca tempo!

 

<<<Dicas de vinho>>
Vinho do Porto Quinta do Infantado
– Tawny – Orgânico
Características: Vinho meio seco, com aromas de café e caramelo tostado, em boca bem cremoso, persistente, com café presente. Recomento deixar aberto uns 30 minutos antes de consumir para os aromas se integrarem. Bom para chocolate meio amargo e uma delícia com brigadeiro!
Onde comprar: Jardim dos Vinhos Vivos  |  (11) 99133-4000  |  R$ 112

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: